DRICO - Salvador - Bahia

“Eu costumo pintar personagens irônicos e risonhos. Tenho uma idéia de que as pessoas com problemas no dia-a-dia precisam ter contado com cores positivas e alegres, dando a idéia que sorrir é sempre necessário.”




Drico é soteropolitano de nascimento e criação, recebeu este apelido de amigos como derivação de seu nome de batismo, Adriano, e assim optou pelo mesmo como assinatura de seus graffiti.
Morador do bairro periférico Marechal Rondon, ele descreve Salvador como uma cidade onde há todos os problemas comuns em qualquer centro urbano, mas com um diferencial positivo, a cidade quase inteira é banhada pelo mar e juntamente com o sol e a cultura local fortemente ligada a raízes africanas contribui para provocar a alegria característica do povo baiano em meio ao caos cotidiano.
Seus pais trabalhavam muito e por isso ele viveu boa parte da infância com suas avós das quais tem boas lembranças, citando a bisavó Maria Bispo que migrou de Mata de São João para Salvador, como filha de negros escravizados.
Teve a música como fator importantíssimo para seu desenvolvimento humano, inclusive como influência artística através de seu tio materno Luciano Robô, ligado ao movimento Punk na década de 90, que trazia para casa LPs de bandas como Cólera, Garotos Podres e Ratos de Porão, entre outros, despertando interesse do mesmo não só pelas artes estampadas nas capas, mas também pelas letras politizadas que ouvia.
Mas foi no percurso que fazia cotidianamente de ônibus que notou alguns graffiti e mais tarde, em 1999, também com influências de Lee 27 começou a pintar na rua. Hoje juntamente com o mesmo citado acima, Neuro, Theip e Bob forma a Oclan Crew, participando ainda com Baga, Questão, Rbk e Super da Traços de Rua Crew.  
Drico valoriza muito o aprendizado que obtém pintando preferencialmente em bairros periféricos, onde considera necessário levar suas cores e informação através da pintura.
 


Mais Sobre:


DRICO
recomenda
Livro Capitães da Areia de Jorge Amado

Filme Capitães da Areia de Cecília Amado

Música É D'Oxum por Jauperi
"Essa pra mim representa a nossa Bahia, as crenças religiosas do povo e os mistérios da Bahia."



Outras imagens de suas obras:

* Fotos enviadas por Drico e texto por Emol a partir de entrevista realizada.

6 comentários:

  1. Cada vem melhor! Parabéns Emol!

    ResponderExcluir
  2. Drico representa, tanto como pessoa e como grafiteiro, otimas artes e grande respeito pela sua terra natal, um verdadeiro originalbaiano!!
    sucesso meu velho!!





    Ass:Origi

    ResponderExcluir
  3. MAO ex vocalista do Garotos Podres gravou uma musica com participação do polemico vocalista Pekinez Garcia da lendária banda punk Excomungados! A musica é Hospícios da banda Excomungados, e tem participação de João Gordo! Aguardem... e parabens pelos lindos grafites, aguardo um grafite teu em Mauá!

    ResponderExcluir
  4. Pekinez Garcia (Excomungados) e João Gordo (Ratos de Porão) e Mao (Garotos Podres) que loco mano!

    ResponderExcluir