Rolê em Caruaru - Pernambuco

Também conhecida como capital do forró, Caruaru é a cidade mais populosa do interior pernambucano e a qual sinto necessidade de voltar em breve pra continuar o projeto Rolê Brasil, vivenciando situações que faltam pra minha pesquisa. Entre o que rolou por lá fiz uma pintura na quebrada Centenário, berço do Hip Hop na cidade segundo os manos locais e um trampo do projeto A Força da Palavra próximo a feira da cidade que é um universo muito rico tanto de materiais como humanamente falando.

Segue imagens registradas por Tito:



Por lá também fui acompanhar uma vivência envolvendo Hip Hop e Capoeira no CAUD - Centro de Atendimento a Usuários de Drogas, em regime de abrigo. Entre os visitantes também haviam envolvidos com skate e fotografia, e assim todas as linguagens aconteciam simultaneamente com participação da rapaziada de acordo com seus interesses.
Lá algumas questões me provocaram reflexões que mais tarde discutimos brevemente, embora eu creia que para este tema é mais que necessário um debate amplo e frequente, em especial para os profissionais que lidam com usuários, afinal é preciso entender o que é droga, os processos de uso e as formas de abordarmos o assunto dentro das distintas realidades. Ser verdadeiro no que se faz, alinhando palavras e atitudes também se faz necessário em todas as áreas da vida, afinal é complicado dizer ou escrever nas paredes mensagens de rejeição às drogas e saindo de lá fazermos consumo das mesmas nos bares da vida.
A questão chave, nesse caso, não seria nem o consumo da droga, mas em especial o que se faz além deste. Inclusive esta foi a ideia que troquei com alguns manos de lá, afinal as coisas estão fora do controle quando o consumo passa a ser a principal atividade cotidiana e não se produz ou realiza nada além disso.
Satisfação poder somar com idéias e presença junto a gente da gente. Salve Tito e Magrelo pela força e por contribuírem com a cena do graffiti na região. Salve pro Ramon também. Muito debate e consecutivamente progresso pra nóis.



Nenhum comentário:

Postar um comentário