Antologia e Coletânea Perifatividade 2

Tem atividade na periferia e perifa na atividade. A margem na qualidade de ativa; Perifatividade, viva! Multiplicidade de trabalhos e ideias de nossa gente. Prontidão. Elementos que formam multidão.Na contra mão dos comerciais, a cultura que vem dos conjuntos habitacionais. Das vielas, ladeiras e escadarias, fazendo o que nenhum PC Farias. Trazendo o livro como alimento pra um povo empanturrado de massa.
Antologia volume 2 é a refeição da vez. Saudável. Preparada lá no fundo. No fundo não, no Fundão (do Ipiranga e do coração). Nesta periferia também com bares aos milhares, há um sereno que tem mais que remédio e veneno. No Bar do Boné tem literatura como principal porção. Porção que sustenta a evolução da mente humana que profana contra os deuses da ignorância. Sustância.
No Bar do Boné a Perifatividade é Sarau. "Social, político, racional, racial". É organização. É ousar propor contra a dor da injustiça que fere a cada pedido de paz que não admitimos. Pois somos de guerra e agora atiramos também com prosas e poesias. Afinal, “en la lucha de clases todas las armas son buenas; piedras, noches, poemas”.


Abaixo segue flyer, imagens do livro por Thomas Losada e meu poema publicado


Doce Infância


O tempo 
Tinha cheiro de brinquedo novo

Descoberto a cada dia
Como figurinha em envelope
Apenas preenchia a vida
E a alegria
Reluzia como pão doce

Sem força pra carregar 
Peso na consciência
Nem polícia pra prender
Ladrões de sorrisos
Disparando gritos de inocência
A meninice era tudo que quisesse
Maradona se três dentro fosse
Tafarel se três fora desse

Era compositor de gererê
Piloto de capucheta
No chão o palavrão
Escrito com vareta

O balão era mágico
E os sonhos
Como bolas de sabão
Bailavam no ar

Namoro era fácil
No meu olhar
Sem ela sequer saber
E sem beijo
Porque gostoso mesmo
Era doce de leite com queijo




* Postado em 15/03/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário