Mural no Instituto Tomie Ohtake - SP

A convite do Instituto Tomie Ohtake, realizei em uma das paredes do Núcleo de Cultura e Participação, uma pintura mural. Em diálogo com a pintura e o tema proposto, escrevi o texto a seguir, fixado na parede junto à obra:

Na sabedoria das encruzilhadas vive o imprevisível
Vivem todas as possibilidades
O que atravessa reinventa, entronca e altera pela soma
Toma por experiência sem ignorar ou negar
Passos dados não são substituíveis


O incrível em meio a encantos e segredos
Enredos e enleios no percurso, o curso dos saberes vivos
No confronto e no conflito...
Tudo é caminho


A boca que educa lentamente devorando
Da esquina do mundo, sem perguntas, cultiva a observação:
a parte que nos cabe na decisão
o que emancipa sem impor barganha
quem ganha na distância entre palavra e ação


O mergulho no espelho que gera cristas e ventres
Partilha sentidos com sugestão desalinha
Que a porta da casa tenha a fartura da cozinha.



fotos por Ricardo Miyada





Texto de parede escrito por Emol.

Texto de parede escrito pelo diretor do Núcleo de Cultura e Participação, Felipe Arruda.


Publicado em 28/09/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário