Bio

Emol é natural de Diadema, subúrbio paulista, e desde 2009 vive de forma nômade pelo país, entre deslocamentos e residências ocasionais, vivenciando culturas locais e realizando experiências artísticas.














.